Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  673.25 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Os professores da educação profissional: sujeitos (re) inventados pela docência
Autor:  
  Angelita da Rocha Oliveira Ferreira   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUC/RS/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  489
Resumo  
  Em todos os discursos, dos teóricos aos políticos, a educação é apresentada como a melhor alternativa para se atingir o desenvolvimento social e o equilíbrio econômico que as nações tanto almejam. No entanto, quase sempre, a figura do professor é esquecida nestes discursos como se não fossem eles os únicos capazes de operar a verdadeira mudança na educação e transformar a sociedade como um todo. Este estudo tem por objetivo investigar os processos de construção da identidade docente em professores da educação profissional, a partir do problema de pesquisa: como os professores dos cursos técnicos percebem a sua identidade profissional. Trata-se de investigação de cunho qualitativo na qual o estudo de caso foi escolhido como metodologia de pesquisa. O problema inicial foi posteriormente desdobrado em três questões de pesquisa nas quais se questiona a relação entre atuação e identificação docente, a relação entre formação e prática e o sentimento de pertença ao grupo. O estudo foi realizado com sete professores que atuam em cursos técnicos e desempenham outras ações profissionais paralelas à docência. Os dados foram recolhidos em entrevistas semi-estruturadas e analisados por meio da análise de conteúdo, descrita por Bardin (1977). Da análise emergiram as categorias: ação, reflexão e relação, as quais foram descritas e interpretadas a luz de alguns autores, entre estes: de Kaufmann (2004), Nóvoa (1992, 1995), Tardif (2006), com os quais aprofundamos e qualificamos as reflexões acerca de alguns conceitos que permearam o estudo tais como: identidade, professoralidade, formação, subjetividade, relações e prática docente entre outros. O estudo apontou que os professores da educação profissional continuam a ser recrutados no mundo do trabalho e iniciam na docência sem formação pedagógica e que, embora prevista em lei, a formação em serviço não acontece ou não contribui para o processo de formação da identidade docente desses professores. Mesmo assim, é possível afirmar que esses professores constroem para si uma identidade profissional/pessoal/docente a partir da ressignificação das vivências da escola e do mundo do trabalho.
     
    Baixar arquivo