Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  6,80 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  O ecoturismo e a sustentabilidade - Parque Estadual da Serra Dourada - GO (PESD)
Autor:  
  Marciana Alves Barbosa   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUC-GOIÁS/ECOLOGIA E PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL
Área Conhecimento  
  INTERDISCIPLINAR
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  732
Resumo  
  O ecoturismo em Unidades de Conservação vem crescendo de uma forma acelerada. No Estado de Goiás; está o Parque Estadual da Serra Dourada - PESD; localizado nos municípios de Goiás; Mossâmedes e Buriti de Goiás; ficando a 131 Km da Capital; Goiânia-GO. Neste trabalho analisou a possibilidade de desenvolver o ecoturismo sustentável no PESD; realizou uma reflexão sobre turismo; turismo sustentável e ecoturismo. Caracterizou a cidade de Mossâmedes e a sua relação com PESD; realizou também o diagnóstico (inventário turístico) dos recursos existente no PESD (Vegetação/Flora/Solo/Fauna e Recursos Naturais). Utilizou como metodologia a pesquisa exploratória por meio de visitas ao PESD; qualitativa e quantitativa por meio de um questionário junto à população de Mossâmedes-Go. A maioria das pessoas que participou da pesquisa sabe o que é uma APA – Área de Proteção Ambiental e acredita que o PESD deve ser explorado pelo ecoturismo. Percebeu-se que o PESD foi criado apenas por um decreto governamental e que na prática o PESD encontra-se totalmente em descaso (sem infra-estrutura). Não possui plano de manejo e nenhuma atividade de educação ambiental para seus visitantes. Foi constatado que existe a exploração de um lazer precário que não pode ser considerado ecoturismo. Através do inventário turístico realizado no PESD verificou-se que as potencialidades para o desenvolvimento do ecoturismo são enormes e que depende da mobilização política da sociedade civil e a coletividade em geral como forma de estimular ações concretas em favor do ecoturismo.
     
    Baixar arquivo