Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  5.61 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Avaliação da implementação do PROEJA em municípios do Oeste do Paraná (2008-2009)
Autor:  
  Karina Griggio Hotz   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNIOESTE/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  670
Resumo  
  Realizamos nesse trabalho o estudo do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA) criado pelo Ministério da Educação (MEC). Nosso objetivo é avaliar o processo de implementação do Programa na rede pública estadual de municípios do Oeste do Paraná: Cascavel, Foz do Iguaçu e Medianeira, nos dois primeiros anos de oferta dos cursos do PROEJA no Estado, respectivamente nos anos de 2008 e 2009, procurando averiguar em que medida o processo de implementação tem assegurado a efetivação dos objetivos propostos nos documentos norteadores e que dificuldades tem sido encontradas no processo de implementação. Tendo em vista a realização deste objetivo, procuramos no primeiro capítulo conhecer os determinantes do PROEJA. Considerando que a efetivação de uma política social e logo, educacional, tem suas origens na estrutura produtiva e nas lutas de classes, procuramos nesse capítulo compreender o contexto da reestruturação produtiva e da reforma da Educação Básica. No segundo capítulo realizamos a caracterização da política educacional do PROEJA, abordando a história recente da política educacional brasileira para o ensino médio e para a Educação de Jovens e Adultos, almejando a compreensão do contexto que antecedeu o PROEJA e que possibilitou a sua implantação no país e no Paraná. Tratamos ainda dos aspectos legais, pedagógicos, administrativos e financeiros e das funções do PROEJA, bem como da sua articulação às demandas da reestruturação produtiva, expressas de modo particular pelas pretensões do Estado e dos organismos internacionais. No terceiro capítulo buscamos caracterizar econômica e socialmente os municípios pesquisados com o intuito de trazer elementos que auxiliassem na avaliação da implementação do PROEJA nas escolas públicas destas localidades. No quarto capítulo apresentamos dados e informações constituídos, fundamentalmente, a partir do projeto de pesquisa “Demandas e potencialidades do PROEJA no Estado do Paraná” do qual participam pesquisadores da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), da experiência vivenciada no projeto de extensão “Demandas e Potencialidades do PROEJA no Estado do Paraná: uma contribuição à formação continuada de profissionais vinculados aos cursos do PROEJA na Região Oeste do Paraná” executado por pesquisadores da UNIOESTE e de dados coletados junto à Secretaria de Estado da Educação do Paraná (SEED). No quinto e último capítulo, de posse dos conhecimentos abordados nos capítulos anteriores, procuramos realizar de modo mais direto o objetivo da pesquisa, avaliando a implementação do PROEJA em municípios do Oeste do Estado. Nas considerações finais procuramos realizar uma análise mais geral sobre a avaliação realizada no último capítulo tendo em vista compreender se os objetivos do PROEJA vem sendo atingidos nos municípios do Oeste do Paraná pela forma como vem sendo implementado, quais os determinantes mais amplos que definiram sua oferta no Brasil, no Paraná e nos municípios estudados e quais são os objetivos políticos e ideológicos que se pretende alcançar com o Programa.
     
    Baixar arquivo