Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  62.85 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Sustentabilidade local e educação ambiental: um estudo etnográfico da ong casa ambiental - Castilhos/Uruguai
Autor:  
  Cláudia Adriana Rocha Teixeira   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  FURG/EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  730
Resumo  
  Este trabalho teve como objetivo analisar os projetos de formação e capacitação que a ONG Casa Ambiental oferece aos seus freqüentadores para verificar em que medida se desenvolvem práticas orientadas a sustentabilidade local e a educação ambiental. E como objetivos específicos: a) Investigar o cenário onde se insere as organizações nãogovernamentais ambientalistas; b) Verificar como um processo não-formal de Educação Ambiental pode proporcionar a integração da comunidade local com a ONG Casa Ambiental e o seu modo de vida, por meio da organização do trabalho alternativo; e c) Apresentar o contexto das políticas públicas ambientais no Uruguai para entender os desdobramentos dos conceitos de meio ambiente, desenvolvimento sustentável e educação ambiental. O modelo teórico-metodológico de referência a essa pesquisa foi o da abordagem qualitativa através da etnografia, sendo que os materiais foram obtidos através de diversos instrumentos de coleta, tais como: revisão bibliográfica, análise de documentos, observação participante, diário de campo e entrevistas semi-estruturada. O estudo foi realizado na Cidade de Castilhos – Uruguai junto a ONG Casa Ambiental. Foram entrevistados 4 pesquisadores e técnicos ambientalistas e 3 produtores de alimentos, ou seja, sujeitos que participam dos projetos de formação e capacitação que a Casa Ambiental desenvolve. Os resultados indicam que a ONG Casa Ambiental atua a mais de 10 anos nas áreas de pesquisa, conservação dos recursos naturais, desenvolvimento sustentável e educação ambiental, em diferentes ecossistemas no Uruguai. Suas atividades estão destinadas aos setores mais pobres do Departamento de Rocha, mais exatamente da cidade de Castilhos e seus arredores, promovendo a possibilidade da sustentabilidade local a partir do uso sustentável dos recursos naturais. Desse modo, viabiliza-se a melhoria da qualidade de vida dessa comunidade, pois envolve a formação, capacitação e organização dos grupos. Os resultados indicam também que para a Casa Ambiental, a prática da educação ambiental está intensamente ligada à sustentabilidade da comunidade local, juntamente com a conservação do ambiente e seus recursos naturais. Assim, conclui-se que como um processo de educação ambiental não-formal pode proporcionar a integração da comunidade local com uma ONG e o seu modo de vida através da organização do trabalho alternativo.
     
    Baixar arquivo