Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  736.22 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A complexidade e a gestão da educação pública: o caso de uma escola de educação profissional do Rio de Janeiro
Autor:  
  Madalena Thiry Penna Firme   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRRJ/GESTÃO E ESTRATÉGIA EM NEGÓCIOS
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2007
Acessos:  
  1,359
Resumo  
  O presente trabalho tem como tema a complexidade na gestão da educação pública. Novas tecnologias, novas relações de trabalho, novas idéias nas organizações, conduziram transformações na forma de pensar a educação.A educação não pode ser ingênua e as dimensões política, econômica e social interagem e interferem na escola, gerando assim, uma diversidade. Ao mesmo tempo, a organização de educação tem uma singularidade própria, distinta das demais organizações, pois seus fins a distinguem das outras. A unidade e a diversidade convivem na educação e a consciência dessa perspectiva pode trazer um novo olhar, um novo paradigma para a sua gestão. O objetivo geral neste trabalho é contribuir para o estudo sobre a gestão da educação pública, a partir da combinação de conceitos, de idéias e da vivência em uma escola de educação profissional do Rio de Janeiro. Baseado nesse pensamento, este trabalho tem como suposição que da complexidade de uma organização de educação pública emerge a sua singularidade. A evolução do pensamento científico ocidental, a complexidade, a evolução das principais teorias de organizações e modelos de gestão, o pensamento crítico sobre a gestão da educação pública no Brasil e a evolução da educação profissional no Brasil formaram os pilares da fundamentação teórica. Este trabalho tem como base metodológica o pensamento complexo, baseado em proposições de Edgar Morin. Sob a luz do pensamento complexo, então, este trabalho utilizou uma combinação de métodos e técnicas. Foi realizado um estudo de caso de uma escola de educação profissional para se tentar buscar a complexidade na base. Existe a consciência aqui de que não se percebe de maneira simples e quantitativa o acaso, a desordem, a incerteza. Nesse sentido, o método de pesquisa escolhido foi o etnográfico, a partir do qual poder-se-ia perceber e retirar da realidade o que não se percebe apenas por meio de métodos convencionais de pesquisa.Uma pesquisa com perguntas abertas foi feita para identificar as singularidades da escola pesquisada. E, a partir de entrevistas em profundidade e de uma observação participante, foi possível fazer relações com os antagonismos propostos por Perrenoud e com as avenidas da complexidade apresentadas por Morin. Dessas relações, foi possível viver a complexidade e identificar a singularidade como um de seus dos aspectos.
     
    Baixar arquivo