Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1,98 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Avaliação da diversidade arbórea das ilhas do rio Paraguai, entre Cáceres e estação ecológica de Taiamã, pantanal matogrossense, Brasil
Autor:  
  Solange Kimie Ikeda Castrillon   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFSCAR/ECOLOGIA E RECURSOS NATURAIS
Área Conhecimento  
  ECOLOGIA
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  383
Resumo  
  Diversos estudos têm avaliado os mecanismos que determinam as diferentes paisagens no Pantanal, são múltiplos os fatores que estão atuando conjuntamente nas ilhas do Pantanal contribuindo para a manutenção do seu estado atual. Foram realizados levantamentos em seis ilhas do rio Paraguai entre Cáceres e Estação Ecológica de Taiamã, Pantanal Matogrossense, comparando a diversidade de ilhas originárias de dois processos geomorfológicos: a partir do rompimento do colo do meandro e de sedimentação. Este estudo teve o objetivo de determinar os efeitos das características dos solos e níveis de inundação na diversidade arbórea. A amostragem foi de 22 parcelas por ilha de 10m por 20m estabelecidas no centro e borda e lados erosionais e deposicionais das ilhas. As diferenças topográficas entre as parcelas foram medidas a partir do rio. Foram registradas 40 espécies pertencentes a 34 gêneros e 21 famílias. Os Índices de Diversidade de shannon-Weaver variaram de H' 1,08 a 2,77. As comunidades florísticas foram distintas entre as ilhas de diferentes origens, que estão submetidas a diferentes períodos de inundação. As ilhas formadas por rompimento de colo de meandro possuem maior abundância e riqueza de espécies. Os solos das ilhas, apresentaram em média textura argilosa a muito argilosa. O grupo formado pelas espécies mais freqüentes e abundantes nas ilhas correlacionaram positivamente com atributos do solo que nas ilhas apresentaram altos valores, como magnésio e saturação por magnésio, alumínio trocável, argila e silte. O centro das ilhas está sujeito a um período de maior inundação. Houve diferenças de altura entre locais deposicionais e erosionais ocorreram em cinco ilhas, sendo que o lado erosional é mais alto que o deposicional.
     
    Baixar arquivo