Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  910.59 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Responsabilidade social corporativa na industria têxtil e de confecção: comparativo entre Brasil e China.
Autor:  
  Felipe de Castro   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFC/ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  424
Resumo  
  Novas demandas e maior pressão por transparência nos negócios forçam as empresas a adotar uma postura mais responsável em suas ações, de modo que a produção têxtil e de confecção começa também a perceber suas responsabilidades perante a sociedade e o meio ambiente. O trabalho é classificado como exploratório e descritivo. A pesquisa se caracteriza como de campo. Quanto a sua natureza, utiliza o método quanti-qualitativo, que associa a análise estatística da aplicação de questionários à investigação dos significados das relações humanas das entrevistas para comparar e discutir as pesquisas. Esta pesquisa estabelece um instrumento de avaliação da indústria têxtil e de confecção brasileira e chinesa quanto ao comparativo das práticas (pilares) da Responsabilidade Social Corporativa (RSC). O instrumento da pesquisa quantitativa tem por base a aplicação do questionário de sensibilização “Empresas Responsáveis”. Utiliza-se a survey como procedimento, com questionário estruturado e aplicado a 45 gestores da indústria têxtil e de confecção localizados no Brasil, nos estados de São Paulo e Ceará, e na China, nas cidades de Beijing, Shanghai e Guangzhou. Paralelamente, foram realizadas entrevistas com o objetivo de avaliar as percepções do grupo escolhido a respeito do tema responsabilidade social corporativa na indústria têxtil e de confecção no Brasil e na China. Foram investigados cinco principais pilares: as políticas de mercado, as políticas em matéria de local de trabalho, as políticas ambientais, as políticas relativas à comunidade e os valores da empresa. As entrevistas foram aplicadas a um grupo de stakeholders do setor têxtil e de confecção do Brasil e da China, envolvendo diretores de compra, gestores de trading, Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT), Centro Internacional de Negócios (CIN) e Câmara de Comércio e Indústria Brasil China (CCIBC). Os questionários aplicados tiveram seus dados analisados, usando estatística descritiva e teste de médias, e para as entrevistas foi adotada a técnica de análise do seu conteúdo. Os resultados encontrados demonstram que as práticas da responsabilidade social corporativa ainda são incipientes dentro da indústria têxtil e de confecção brasileira e chinesa, que ambos os países não possuem políticas voltadas ao desenvolvimento social e ambiental, e que só cumprem as exigências do mercado e de seus governos.
     
    Baixar arquivo