Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.70 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Discursos de educação ambiental na formação de educadores(as) ambientais: uma abordagem a partir da análise crítica do discurso
Autor:  
  Laísa Maria Freire dos Santos   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRJ/EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E SAÚDE
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  412
Resumo  
  O presente estudo ancorou-se na proposta teórica/metodológica da Análise Crítica do Discurso. Nesta abordagem os discursos são entendidos como práticas de representação e significação de mundo constituem e são constituídos pelas práticas sociais e materializados por meio de textos. O objetivo do trabalho foi compreender de que modo os discursos presentes em um curso de formação de educadores ambientais (CFEA) se torna constitutivo dos discursos de Educação Ambiental (EA) dos participantes do curso, caracterizando sentidos de EA e de formação de educador(a) ambiental. Para isso os objetivos específicos do trabalho foram: (i) caracterizar as relações entre instituições envolvidas na elaboração do CFEA a partir de suas atividades com a EA, (ii) analisar o discurso de participantes do CFEA a partir de conceitos referenciados no marco teórico e (iii) caracterizar a construção de sentidos de EA de participantes do curso e sobre a formação de educadores(as) ambientais. O corpus da investigação consistiu em documentos, textos transcritos de atividade durante o curso e entrevistas com três participantes e foram analisados qualitativamente. Observamos que o CFEA buscou atender a diferentes orientações vinculadas às instituições que o elaboraram/participaram de sua elaboração. Os discursos dos participantes mostraram a uma articulação complexa entre os diferentes discursos que circularam no CFEA e ainda com outros textos de EA. A construção discursiva ocorreu a partir das categorias intertextualidade manifesta horizontal, da literatura trabalhada ao longo do curso e de experiências e vivências práticas, com a comunidade de pesca, nas secretarias municipais e na escola. Os resultados permitiram a caracterização de sentidos da EA como estratégia para desenvolvimento de valores e fator para melhoria das condições de vida de comunidades, para solução de conflitos e para sustentabilidade que pode ser trabalhada na escola ou na comunidade a partir de projetos ou disciplinas, considerando-se a visão holística de meio ambiente. Na visão dos participantes o(a) educador(a) ambiental dever ter a capacidade de reunir pessoas, de propiciar diálogo, ensinar, articular e organizar a sociedade para ações socioambientais. A ação do(a) educador(a) foi mais percebida como fruto da atuação profissional com um caráter político e formação permanente do que formação acadêmica, o que também considera que sua formação independe de especialidade. A pluralidade discursiva presente no CFEA pode ser entendida a partir dos papéis exercidos pelos grupos do Ibama, da Petrobras e da UFRJ na proposta/acompanhamento do curso e como decorrente das trajetórias em EA destes grupos. As relações entre estes grupos constituíram os diferentes sentidos de EA do CFEA. Apesar destas relações não terem sido problematizadas pelos participantes durante as interações discursivas analisadas, diferentes sentidos de EA que circularam no CFEA aparecem nos discursos dos participantes constituindo a sua formação enquanto educadores(as) ambiental(is). Estes discursos são significados de modo particular a partir de relações que os participantes estabelecem entre os textos de palestras e atividades do CFEA e suas experiências (secretarias municipais, escolas e comunidades).
     
    Baixar arquivo