Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.15 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Formação de professores para a educação profissional técnica de nível médio: análise do programa especial de formação pedagógica da UTFPR
Autor:  
  Jane Carla Claudino   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UTFPR/TECNOLOGIA
Área Conhecimento  
  INTERDISCIPLINAR
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  1,314
Resumo  
  A forte demanda por profissionais de nível técnico para atender o crescimento do setor produtivo exige do sistema educacional professores capacitados para atuar nesse nível de ensino de forma a preparar adequadamente não só profissionais para o trabalho, mas cidadãos atuantes e transformadores da sociedade. Essa realidade não é algo tão novo em nosso país, pois desde o início do século passado várias foram as ações voltadas para o desenvolvimento da educação profissional. No entanto, se ao longo dos anos as políticas de educação profissional e tecnológica trataram de expandir a oferta, tal expansão não se fez acompanhar de políticas consistentes no que diz respeito a uma formação inicial e continuada de professores para atuar nesta modalidade educacional em seus diversos níveis. Pelo contrário, foram programas e ações de natureza pontual que não surtiram o efeito desejado, posto que foram provisórias, emergenciais e pouco efetivas. Nesse contexto, assume relevância a necessidade de definir que cursos, currículos e programas são demandados e, especialmente, quais as necessidades de professores para atuar na Educação Profissional e Tecnológica (EPT), em seus diversos níveis e modalidades. Considerando essas circunstâncias e o atual momento de expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, essa pesquisa diz respeito às políticas de formação de professores para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Considera-se que as referidas modalidades de ensino dizem respeito não só à preparação para o exercício de uma profissão, mas principalmente para o exercício da cidadania pelo trabalhador que é produtor de bens, riquezas e tecnologia. Da mesma forma, destaca-se a relevância do papel dos docentes para a efetivação de uma educação de qualidade. Partindo destas premissas, desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa, mediante revisão bibliográfica, análise documental e entrevistas semiestruturadas, no Programa Especial de Formação Pedagógica da Universidade Tecnológica Federal do Paraná a fim de averiguar se e como a concepção e a metodologia utilizadas nesse programa podem contribuir para que os alunos que cursam o programa adquiram uma formação compatível com as demandas da Educação Profissional Técnica de Nível Médio na atualidade, e também para torná-los educadores críticos e conscientes de seu papel social. Além da análise de documentos do referido Programa, como Regimento, Edital de Abertura de Turma e informações do sítio, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com alunos, professores e com o coordenador do curso. Estas entrevistas permitiram avaliar as concepções dos participantes sobre questões relevantes no contexto da Educação Profissional Técnica de Nível Médio, como papel e perfil dos docentes, definições de tecnologia e educação tecnológica, interdisciplinaridade e formação adequada do professor. Dentre as considerações obtidas como resultado da pesquisa, pode-se destacar o fato de que as políticas públicas voltadas a formação de professores para a Educação Profissional estão muito aquém do esperado, permanecendo lacunas que acompanham sua história desde os primórdios, assim como a dualidade estrutural constante na formação de cidadão. Além disso, verificou-se que o Programa Especial de Formação Pedagógica da UTFPR não prepara docentes para atuar na Educação Profissional Técnica de Nível Médio e que, apesar de apresentar uma estrutura pautada nos eixos norteadores propostos pela Resolução CNE n.º 2 /1997, precisa ser revisto, repensado e reestruturado não só para atender à formação de docentes para a educação profissional, mas também para a educação básica. Neste trabalho serão apresentados, com maior detalhamento, outros resultados, e algumas sugestões para encaminhamentos e futuras pesquisas.
     
    Baixar arquivo