Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  2.59 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Avaliação no Estágio Supervisionado: intersubjetividades na formação de professores em cursos na modalidade EAD
Autor:  
  Eliana Rela   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRGS/INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  INTERDISCIPLINAR
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  104
Resumo  
  A presente pesquisa propõe considerações e reflexões sobre a intersubjetividade e a construção social das lógicas de avaliação no estágio de professores em formação continuada, em contextos tecnológicos de cursos de Licenciatura em Pedagogia de duas universidades, sendo uma privada e outra pública. O estudo parte da premissa de que ferramentas e ambientes digitais para aprendizagem são domínios de convivência. As ações e o movimento intersubjetivo dos atores envolvidos no processo de avaliação das competências desenvolvidas no estágio são discutidos a partir da análise da comunicação que ocorre em tal contexto de ação, da linguagem como expressão da intersubjetividade para si e para o outro. A investigação procurou analisar o processo de mediação profissional, com base em uma reconceituação da supervisão de estágio e da dimensão da avaliação, como parte do processo sistemático e dinâmico da reconstrução social, de concepções e experiências educativas, em níveis diversos de constituição profissional. A elaboração de conhecimentos, na formação docente, constitui-se como uma produção que ocorre na dinâmica interativa das relações sociais, envolvendo a linguagem e o funcionamento interpessoal, sendo historicamente situado e suscetível de novos processos de (re)construção, pensamento esse sustentado em Gregory Bateson. A questão de pesquisa é: Como supervisores e estagiários vivem, percebem e concebem a avaliação da práxis no estágio de professores em formação continuada de dois cursos de pedagogia, na modalidade a distância, cujas interações são mediadas com apoio de ambiente virtual de aprendizagem? Os procedimentos metodológicos de construção e análise qualitativa de dados abrangem: (a) os registros das mediações realizadas por oito supervisores de estágio no acompanhamento, na orientação e avaliação de estágio, (b) as produções de cento e quarenta e quatro professores experientes em situação de estágio curricular, (c) pareceres de autoavaliação. O processo comunicativo registrado na vida cotidiana da avaliação e da supervisão de estágio é aqui compreendido como realidade social, possibilitando à investigação o caráter de pesquisa-ação, tomando como referencial teórico a fenomenologia do sociólogo Alfred Schütz sobre intersubjetividade, cotidiano e realidade. A partir da discussão dos resultados, emergiram algumas linhas guias do novo papel da supervisão e da dimensão da avaliação, no estágio de professores em formação continuada, apoiada em AVA, relacionando a maior eficácia do modelo, com base na intersubjetividade, à formação de competências.
     
    Baixar arquivo