Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  12.48 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Caracterização socioambiental da microbacia do ribeirão Piancó no município de Anápolis (GO): subsídios para políticas públicas, desenvolvimento sustentável e educação ambiental
Autor:  
  Wantuildes Leonel de Paula Filho   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNIEVANGEL/SOCIEDADE, TECNOLOGIA E MEIO AMBIENTE
Área Conhecimento  
  INTERDISCIPLINAR
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  458
Resumo  
  A caracterização socioambiental da Microbacia do Ribeirão Piancó no Município de Anápolis (GO), busca a compreensão das interações do homem com o ambiente em todas as suas dimensões, como forma de avaliar o processo de antropização e os impactos originados pela ocupação do vale, bem como as relações com o crescente processo de urbanização regional, que determina alteração nos padrões de produção para atender a demanda do crescente consumo. A pesquisa, de cunho analítico descritiva, teve abordagem quantiqualitativa, sendo utilizadas técnicas de coleta e registro de dados que abrangeram a observação, a pesquisa de campo, a realização de entrevistas e a análise ambiental macroscópica das propriedades pesquisadas, enfocando 18 parâmetros, relacionados à água, solo e às Áreas de Preservação Permanentes (APPs), para avaliar a situação desses recursos naturais e da biodiversidade. Registrouse forte sentimento topofílico nos agricultores que aceitaram participar da pesquisa, configurando um campo promissor para futuros projetos de Educação Ambiental, em defesa do ambiente rural sustentável. A maioria das APPs das propriedades avaliadas apresentou práticas de conservação da Mata de Galeria, proteção dos recursos hídricos e cuidados com a fauna que apresenta uma variedade expressiva de espécies nativas. Entre os impactos negativos da ocupação da Microbacia do Ribeirão Piancó, são relevantes os processos erosivos, em sulcos, ravinas e até voçorocas, que provocam diminuição dos recursos hídricos, assoreamento, riscos químicos e biológicos pelo carreamento de agrotóxicos das atividades agrícolas, já que a região é grande produtora de hortaliças, frutos e outros cultivares. Outro problema encontrado é a ausência ou severa diminuição, em algumas propriedades, de Mata de Galeria, provocando o seccionamento dos corredores biológicos para o fluxo, manutenção da biodiversidade e equilíbrio ecológico. Esta pesquisa fornece subsídios para políticas públicas em todas as esferas, para melhoria da qualidade dos padrões de produção e práticas menos impactantes ao ambiente, à saúde humana, e a conservação dos sistemas vitais da Microbacia do Ribeirão Piancó. Outra contribuição refere-se a subsídios para elaboração de projetos em Educação Ambiental de forma contextualizada e significativa, que promova a busca da sustentabilidade rural numa visão holística e interdisciplinar, onde se faz necessária a participação de todos os segmentos da sociedade.
     
    Baixar arquivo