Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  593.85 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Juventude e educação profissional: um estudo com os alunos do IFSP
Autor:  
  Luciana Neves Loponte   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUC/SP/EDUCAÇÃO: HISTÓRIA, POLÍTICA, SOCIEDADE
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  972
Resumo  
  A pesquisa investiga a relação entre educação profissional e juventude, no âmbito da educação profissional de nível médio, tendo como referência os interesses da juventude, a respeito da sua trajetória e da expectativa que manifestam entre a escola e o futuro. O estudo tem como sujeitos de pesquisa os jovens estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), antigo CEFET-SP. Os dados foram coletados no ano de 2009, sendo utilizado um instrumento de pesquisa que inclui uma escala de atitudes, elaborado de acordo com o método de Likert. A amostra final que serviu de base para a análise é composta de 81 alunos, matriculados nos cursos técnicos integrado e desvinculado do ensino médio, predominantemente na faixa etária de 14 a 17 anos e do sexo masculino. O método utilizado, consta de pesquisa empírica realizada com a finalidade de analisar a opinião dos alunos a respeito: dos objetivos da educação profissional, dos motivos que os levaram a ingressar num curso técnico, das suas expectativas de futuro, do entendimento quanto ao incentivo à continuidade dos estudos e do que representa a formação técnica recebida. Para a elaboração das afirmações do instrumento de pesquisa, foi realizada um levantamento de fontes selecionadas para a pesquisa: legislação, documentos do Ministério da Educação (MEC) e do IFSP, visando verificar a correspondência entre os fins do ensino profissionalizante e as expectativas dos jovens ingressantes e concluintes de cursos técnicos. A hipótese principal é de que existem divergências entre as expectativas do jovem em relação ao seu futuro e as expectativas daquilo que estes jovens pensam que a sociedade industrial espera deles, ou seja, buscar inserir-se no mercado de trabalho, tão logo concluída a formação técnica. Os resultados apontam divergências entre os objetivos da legislação educacional e as expectativas de futuro dos jovens estudantes. Os conceitos básicos que orientam a pesquisa, elaborados pela Teoria Crítica, são: educação, emancipação, formação e adaptação (Adorno), sociedade industrial, pensamento unidimensional e racionalidade tecnológica (Marcuse), trabalho alienado e divisão social do trabalho (Marx)
     
    Baixar arquivo