Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  236.60 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Um modelo de governança corporativa: caso Apsa
Autor:  
  Fernando Henrique Schneider   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  IBMEC/ADMINISTRAÇÃO
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2006
Acessos:  
  798
Resumo  
  Este trabalho acadêmico tem como objetivo apresentar um modelo de governança corporativa para uma empresa familiar do mercado imobiliário. A governança corporativa surge no Brasil em um contexto marcado pela estabilização da moeda, pela globalização e pela conseqüente preocupação com a necessidade de aprimoramento dos processos produtivos e sobretudo de gestão. Em nosso país, a governança está focalizada nas funções estratégicas e de gerenciamento empresarial, uma vez que a figura do acionista controlador é predominante. Está relacionada diretamente à intenção de profissionalização e modernização de uma gestão, à credibilidade percebida pelos “stakeholders” em relação à organização, bem como associada à uma visão de perenização. Com isso, as empresas familiares viram na governança corporativa uma saída para enfrentarem seus desafios que vão além daqueles inerentes aos seus mercados de atuação, pois dizem respeito à sucessão, à sociedade entre irmãos, ao consórcio de primos, às demandas crescentes por parte dos familiares, principalmente ao se levar em conta que apenas 15% delas conseguem passar para a terceira geração e somente 5% sobrevivem a ela. A empresa escolhida para o desenvolvimento deste estudo de caso foi a Apsa – Administração Predial e Negócios Imobiliários S/A, por ser familiar, por passar por um processo de transição, onde membros de várias gerações estão atuando em conjunto e por fazer parte de um mercado onde a maioria das empresa é de origem familiar. O modelo proposto poderá trazer grande contribuição para a perpetuidade desta organização e de outras, à medida em que se torne um motivador para que seus acionistas reflitam sobre o assunto.
     
    Baixar arquivo